Plano CV cota 7,7997024 | Plano PAI I cota 1,4470186 | INPC 0,37% | Poupança 0,47% Dados Outubro
INFRAPREV

Demografia começará a atrapalhar o Brasil

06/09/2013

Dois terços dos 27 milhões de aposentados e pensionistas do INSS ganham só um salário mínimo. E quem ganha mais não passa de 6,1 salários.

Os mais jovens do mercado de trabalho, que vão se aposentar após 2035, vão ganhar, no máximo, 3 salários, ou R$ 2.034,00 de hoje. 

Ontem, um aluno me perguntou se o INSS pode voltar a pagar 15, 20 salários, como já o fez. Resposta: jamais.

A razão? A previdência social arrecada contribuições de quem trabalha para pagar quem está aposentado. Hoje, vivemos o melhor momento, chamado de bônus demográfico. Ele ocorre só uma vez em cada país.  Significa que a soma de crianças e idosos é a menor da história e a quantidade de pessoas economicamente ativas, entre 15 e 65 anos, a maior. De 200 milhões de brasileiros, 140 milhões são produtivos.

Resumo: receita máxima contra despesa mínima. O auge da contribuição demográfica para o crescimento da produção e da renda.  Só que, daqui para a frente, é ladeira abaixo: estão nascendo menos brasileiros- taxa de fecundidade de só 1,8 filho por mulher- e, no futuro próximo, existirá muito menos gente em idade de trabalhar para manter muitos mais idosos. 

Logo, se você imagina, no final da carreira, estar ganhando mais que R$ 2.034,00, mexa-se. Ou resigne-se a trabalhar até morrer para manter o padrão de vida.

(Renato Follador – Rádio CBN – www.cbncuritiba.com.br )