Plano CV cota 7,7997024 | Plano PAI I cota 1,4470186 | INPC 0,37% | Poupança 0,47% Dados Outubro
INFRAPREV

INFRAPREV adota regras conservadoras para empréstimo

31/08/2015

O INFRAPREV efetuou alguns ajustes nas regras de empréstimo. O prazo máximo de concessão agora é de 72 meses com valor limitado a 10 vezes a remuneração do participante, observada a capacidade de margem consignável. A partir de agora, todos os participantes estão sujeitos ao fundo garantidor de empréstimos, que passou de 2% para 2,22%.

As medidas propostas pelo Comitê de Gestão de Risco refletem o momento econômico do País. Elas foram elaboradas com base nas regras de aplicação dos recursos garantidores, pois o empréstimo é um dos segmentos de investimentos, e também na análise de riscos de crédito, para ajustar a carteira à reestruturação que está ocorrendo no patrocinador Infraero.

As parcelas variáveis que compõem a remuneração de alguns participantes não serão consideradas no cálculo da margem consignável. Nesses casos, o teto máximo para prestação será determinado com base no salário base mais o anuênio.

A norma estabelece também prazo de concessão de 60 meses e a apuração da margem consignável com base no benefício hipotético, para os participantes elegíveis a aposentadoria, que possuem mínimo de 48 anos e cinco anos de contribuição ao plano. Essas mudanças são para assegurar que, mesmo depois de aposentado, o desconto da parcela de empréstimo ficará adequado a nova remuneração do participante.

Para os aposentados, a norma já estava considerando o escalonamento no prazo de concessão, que vai reduzindo conforme o aumento da idade. Participantes de 70 anos em diante, o Instituto não está concedendo empréstimo.