Plano CV cota 11,6332 Var. mês -0,05% | Plano PAI I cota 1,7573 Var. mês 0,94% | INPC -0,38% | Poupança 0,65% Dados de Novembro
INFRAPREV

Infraprev atinge maior rentabilidade da década

30/01/2020

O Plano CV, que concentra a maioria dos participantes do Infraprev, registrou rentabilidade acumulada de 15,66% no exercício de 2019. O desempenho foi o melhor resultado anual alcançado pelo Instituto desde 2009, superando com folga a meta atuarial de 9,05% no período e outros indicadores utilizados para efeito comparativo. A meta corresponde à rentabilidade mínima a ser atingida para o plano previdenciário arcar com os compromissos assumidos.

O Plano CV também superou o desempenho médio das Entidades Fechadas de Previdência Complementar em 2019, de acordo com amostra segundo estudo da Consultoria Aditus, que engloba 53 planos de Contribuição Variável. A rentabilidade bruta da indústria foi de 12,72% – abaixo dos 15,66% do Infraprev. 

O grande destaque entre os investimentos do Instituto foi a carteira de renda variável, com alta de 35,59% no ano contra 31,58% do índice Ibovespa – principal referência para medir o retorno da carteira de ações. O segmento de renda fixa, composto por títulos públicos, títulos privados e fundos de investimentos, obteve retorno acumulado de 11,24%, o que representou 188% do Certificado de Depósito Interbancário (CDI) – indicador de referência utilizado pelo mercado financeiro. 


Rentabilidade de dezembro foi o destaque do ano

Os resultados de dezembro contribuíram fortemente para fechar o ano com a expressiva taxa de retorno dos investimentos. A rentabilidade do Plano CV acumulou alta de 2,96% no mês, bem acima da meta atuarial de 0,99%. Em igual período, a variação do CDI foi de apenas 0,37%. Em termos comparativos, o resultado alcançado pelo Plano CV em dezembro equivale a 797% do CDI e a 297% da meta atuarial. 


Ganhos expressivos transformam déficit do Plano em superávit 

Com relação aos resultados financeiros do Plano CV, até novembro de 2019 foi registrado em balanço um superávit anual de R$ 70 milhões, revertendo de forma significativa o déficit técnico acumulado, que ao final de 2018 era de R$ 47,6 milhões. O resultado de dezembro ainda não foi apreciado pelos órgãos competentes. Como parte da política de transparência junto a seus participantes, tão logo os números estejam aprovados, as informações serão amplamente divulgadas nos canais de comunicação do Instituto.