Plano CV cota 7,7997024 | Plano PAI I cota 1,4470186 | INPC 0,37% | Poupança 0,47% Dados Outubro
INFRAPREV

Superintendente esclarece questionamentos de participantes

29/09/2015

O diretor-superintendente, Carlos Frederico Aires Duque, esclarece os temas mais recorrentes registrados nos canais de atendimento e em palestras. Confira as seis perguntas e respostas. A matéria também foi publicada na última edição do Jornal Futuro nº132.

Se todos os empregados da Infraero saírem, o INFRAPREV terá dinheiro para cumprir o pagamento dos benefícios?

Sim. O INFRAPREV possui recursos para pagar os benefícios previdenciários atuais e futuros de seus participantes, mesmo em caso de eventual saída dos participantes.  Os recursos para essa finalidade se encontram devidamente segregados e com destinação específica. 

A Infraero tem pago sua contribuição para o INFRAPREV?

Sim. O compromisso patronal de contrapartida nas contribuições, condicionada à situação de patrocinador de plano de benefícios, se constitui em obrigação legal, não sendo e nem podendo ser afetado pelo processo de reestruturação administrativa da empresa patrocinadora.

A crise atual tem afetado os investimentos do INFRAPREV?

A crise econômica tem afetado os retornos financeiros de várias empresas, inclusive os dos fundos de pensão. Vivemos em um momento conturbado da economia. O mercado financeiro está instável, mas as áreas de investimento do INFRAPREV utilizam ferramentas de análises e modelos estatísticos que procuram antever o comportamento dos indicadores e os reflexos sobre a atividade econômica. Dessa forma, conduzimos os investimentos com alinhamento e equilibro quanto ao melhor retorno e segurança. O cenário econômico atual e suas incertezas vêm impactando principalmente os investimentos em ações (Renda Variável) e em fundos de investimento que possuem posições em setores mais atingidos por este contexto de crise. Diante disso, o INFRAPREV vem gradualmente reduzindo sua alocação em Renda Variável, restringindo investimentos em ativos de crédito e dando preferência a títulos públicos.

Onde o INFRAPREV tem feito seus investimentos?

As diretrizes de investimentos do INFRAPREV são definidas através da Política de Investimentos que engloba uma série de limites para aplicação dos recursos e um estudo de alocação ótima dos ativos, tendo em vista os compromissos atuariais. Este estudo apresenta um indicativo de alocação nos diferentes segmentos permitidos pela legislação aplicável (Renda Fixa, Renda Variável, Investimentos Estruturados, Imóveis e Empréstimos).  Além de seguir essas diretrizes de longo prazo, o Instituto tem priorizado o investimento em títulos públicos, considerando que se trata de estratégia mais conservadora e que, atualmente, vem apresentando oportunidades de retorno superiores a meta atuarial.

Posso ter acesso às informações sobre a gestão do INFRAPREV, relatórios contendo despesas administrativas, rentabilidade dos investimentos e demais informações de interesse do participante?

Disponibilizamos aos participantes no Portal INFRAPREV informações de investimentos e também relatórios. O relatório anual apresenta informações da gestão, com a rentabilidade agregada, por carteiras, desempenhos dos planos de benefícios, despesas administrativa, despesas previdenciárias e de investimentos, entre outros assuntos. É possível acessar as publicações de 2003 a 2014, assim como o Balancete Gerencial trimestral com os dois primeiros trimestres de 2015. No item Investimentos, o participante consulta dados de 2015: Gestão de Investimentos, Carteira de Investimentos, Composição por Segmento, Composição por Rentabilidade, Quadro Comparativo (com indicadores de mercado), Política de Investimentos dos últimos seis anos. No item Planos estão os Benefícios do Plano, Regulamento (cada participante acessa o seu plano) e Demonstrativo Atuarial. Alguns itens só podem ser visualizados digitando login e senha, pois  estão em área restrita. 

Outras empresas podem participar do INFRAPREV?  Somente as concessionárias?

O estatuto do INFRAPREV permite que outras empresas sejam patrocinadores e entidades de classe, instituidores. As concessionárias dos aeroportos de Brasília, Guarulhos e Campinas se tornaram patrocinadoras do INFRAPREV para manter o plano de benefícios para os empregados da Infraero transferidos e que são participantes do Instituto, conforme determina o edital de concessão. Mas isso só foi possível devido a inclusão de cláusula de multipatrocínio no estatuto do Instituto em 2010.