Plano CV cota 9,1134 | Plano PAI I cota 1,5387 | INPC 0,01% | Poupança 0,37% Dados de junho

Ações

São títulos que dão direito de propriedade sobre parte de uma companhia. Ativo dos Planos Somatório de todos os recursos já acumulados pela entidade, considerando todos os planos por ela oferecidos.

Atuário

É a pessoa física ou jurídica, habilitada para exercer a atividade contratada pelo Infraprev com o propósito de realizar avaliações atuariais e prestar serviço de consultoria atuarial e correlatos.

Avaliação Atuarial

Estudo técnico baseado em levantamento de dados estatísticos, no qual o atuário procura mensurar os recursos necessários à garantia dos benefícios oferecidos pelo Fundo de Pensão, bem como analisar o histórico e a evolução da entidade como um todo, para apresentar estratégias que permitam a sua adaptação aos novos cenários (estatísticas da população analisada, dos investimentos e da evolução dos benefícios pagos).

Beneficiário

É a pessoa que vive sob dependência do participante.

Beneficiário Indicado

É a pessoa inscrita pelo participante que receberá, para os casos especificamente previstos no regulamento, os benefícios oferecidos pelo Plano CV. A inscrição do Beneficiário Indicado poderá ser alterada a qualquer tempo, mediante comunicação escrita do participante ao Infraprev.

Benefício de Risco

Benefício de caráter previdenciário cuja concessão dependerá da ocorrência de eventos não previsíveis como morte, invalidez, doença e reclusão.

Benefícios do Plano

Todos os benefícios previdenciários assegurados pelo plano aos participantes e a seus beneficiários.

Cota

 É o valor de uma unidade da conta de aposentadoria. Ao fazer uma contribuição para o plano, o participante adquire um determinado número de cotas. O saldo da reserva é o número de cotas vezes o valor da cota. O valor das cotas é atualizado pela rentabilidade dos investimentos. 

Conta Total de Participante

É a soma dos saldos das contas: Conta de Reserva Transferida de Participante, Conta Reserva Transferida de Patrocinador, Conta de Contribuição de Participante, Conta de Contribuição de Patrocinador, Risco e Conta Individual de Equilíbrio.

Conselho Nacional de Previdência

Complementar (CNPC) Órgão ligado ao Ministério da Previdência Social que regulamenta as atividades dos fundos de pensão.

Déficit Técnico

Corresponde à insuficiência de recursos para cobertura dos compromissos dos planos de benefícios. Significa a diferença negativa entre os bens e direitos (ativos) e as obrigações previdenciárias (passivos) apurada ao final de um período contábil.


Fundo de investimento

Representa um conjunto de ativos financeiros: títulos de renda fixa, renda variável e imóveis. Nesta modalidade se encontram fundos com perfil de investimentos somente em renda fixa, renda variável ou misto. Os fundos de investimento podem ser abertos ou exclusivos de um determinado número de cotistas. Sua rentabilidade será medida através da performance de seus ativos.

Governança

Sistema pelo qual as atividades e investimentos são dirigidos e monitorados, envolvendo o relacionamento entre Diretoria, Participantes, Conselho Deliberativo, Auditoria Independente e Conselho Fiscal. As boas práticas de governança têm a finalidade de aumentar o valor do Infraprev, facilitar o acesso ao crescimento, aliado ao controle de riscos e, assim, contribuir para a sua sustentabilidade.

Índice de Reajuste

Índice que atualiza os benefícios. No Infraprev é usado o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) ou outro índice que venha a substituí-lo.

Multipatrocínio

O multipatrocínio é a oportunidade do fundo de pensão administrar planos de previdência para mais de uma empresa, denominadas patrocinadores e também para entidades de classe e sindicatos, denominados instituidores.

Participante Ativo

Participante que trabalha no patrocinador e ainda não tem as condições para aposentadoria.

Participante Assistido

O participante ou seu beneficiário em gozo de benefício (aposentados e pensionistas).

Patrocinador

Empresa que patrocina, para seus empregados ou servidores, planos de benefícios de caráter previdenciário, por intermédio de uma entidade fechada de previdência complementar, conhecida também como fundo de pensão.

Patrocinador- Fundador

Empresa que institui o fundo de pensão e é patrocinador do plano de previdência. O patrocinador-fundador no Infraprev é a Infraero.

Plano de Benefício Definido

Modalidade de plano que o participante tem conhecimento prévio do valor do benefício que receberá no futuro. O equilíbrio atuarial é fundamentado no coletivo, em que há total solidariedade entre os participantes. O patrocinador e/ou o participante contribuirão com o necessário para viabilizar o pagamento do benefício.

Plano de Contribuição Definida

As contribuições são fixadas previamente no regulamento do plano. O saldo de conta acumulado em nome do participante é composto pelas contribuições pessoais, patronais e a rentabilidade ganha na aplicação desses recursos e o valor do benefício é apurado com base nesse saldo, que será permanentemente ajustado, inclusive na fase do seu recebimento.

Plano de Contribuição Variável

Plano cujos benefícios programados apresentam a conjugação das características das modalidades de contribuição definida e benefício definido. Em geral, os benefícios programados são estruturados na modalidade CD na fase de capitalização e na modalidade BD na fase de recebimento.

Planos Instituídos

São planos instituídos por sindicatos, associações de classe, conselhos de profissionais e cooperativas para seus associados. Esses planos tem exclusivamente a contribuição do associado, como participante. Não existe a figura do patrocinador.

Planos patrocinados

São planos instituídos por empresa e oferecidos aos seus empregados. Neste tipo de plano existe a contribuição tanto do empregado (participante), quanto da empresa (patrocinador).

Política de investimentos

A Política de Investimentos determina a filosofia e as práticas de investimentos de uma entidade fechada ou aberta de previdência complementar. O documento auxilia a direção no processo de decisão das aplicações.

Premissas Atuarias

Parâmetros utilizados para fazer as projeções dos compromissos futuros que podem ser financeiros, econômicos, biométricos e demográficos. Exemplo, as tábuas de mortalidade, percentual de entrada em invalidez, taxa de rotatividade na patrocinadora, projeção de crescimento real de salários, idade prevista para aposentadoria, composição familiar dos participantes e a variação da taxa de juro.

Regulamento

Instrumento que veicula o conjunto de normas disciplinadoras do Plano de Benefícios.

Rentabilidade

É a remuneração obtida sobre os investimentos.

Renda Fixa

Rendimento discriminado anteriormente e, geralmente expresso no corpo do título. CDB, LTN, cadernetas de poupança e títulos de crédito possuem renda fixa, que pode ser inteiramente pré-fixada ou vinculada à correção monetária.

Renda Variável

Tipo de investimento em que a rentabilidade não pode ser determinada na data em que a aplicação foi feita. O retorno deste investimento está sujeito a variações de acordo com o mercado.

Risco

Incerteza quanto à rentabilidade, ao retorno de um investimento. Não é sinônimo de perigo, mas de incerteza. Na área de seguros, riscos são os acontecimentos possíveis, porém futuros e incertos, que geram necessidade de proteção, como roubo, incêndio etc.

Risco de crédito

É a probabilidade de um investimento em títulos não ser honrado pela empresa ou instituição emissora.

Risco de mercado

Está relacionado às oscilações naturais do valor de mercado dos ativos. Essas oscilações, por sua vez, ligam-se à evolução das principais variáveis econômicas (taxas de juros, nível de atividade econômica, taxa de câmbio etc.). Também podem resultar de movimentos especulativos.

Reserva Matemática

Valor destinado aos compromissos com pagamento de benefícios dos participantes das entidades fechadas de previdência complementar em determinada data.

Superávit Técnico

Quando alguém diz que um plano tem superávit, na prática está informando que existe um excedente de patrimônio no exercício em relação aos compromissos do plano de benefícios.

Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc)

Órgão ligado ao Ministério da Previdência Social que fiscaliza os fundos de pensão. Qualquer alteração no Regulamento tem que se submeter a esse órgão.

Tábua de mortalidade

A tábua de mortalidade permite ao atuário avaliar a expectativa de vida de pessoas do grupo para definir os recursos necessários para pagar aposentadorias e pensões durante esse tempo.

Término do Vínculo Empregatício

Perda da condição de empregado com todos os patrocinadores.